Coorndenação:

DANIEL ANTUNES JUNIOR: Possui graduação em Ciências Farmacêuticas com habilitação em Farmácia Bioquímica pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1989). Especialização em Homeopatia pela USP e MBA em Marketing e Vendas pela Unisa Bussines School. Professor da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, da Uningá, Faculdades Oswaldo Cruz, palestrante do Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: manipulação, ativos dermatológicos, dermatologia, cosméticos, marketing e gestão de empresas. Diretor Farmacêutico na Drogaria Quarteirão da Saúde, Consultor na área Magistral, Autor dos Livros Farmácia de Manipulação - Noções Básicas, Atendimento: A Arte de Encantar Clientes de Farmácias e Drogarias e Autor e Editor do livro Ativos Dermatológicos: Dermocosméticos e Nutracêuticos: 9 volumes.

Sobre o curso:

A profissão farmacêutico nos últimos anos, vem crescendo e se fortalecendo de maneira espetacular. Considerando a Política Nacional de Medicamentos, a Política Nacional de Assistência Farmacêutica, as legislações da ANVISA e do Conselho Federal de Farmácia, que favorecem a Atenção Farmacêutica, a Farmácia Clínica, a Prescrição Farmacêutica, a Saúde Estética e a atuação em Consultórios Farmacêuticos, se faz necessário que o farmacêutico seja um profissional com forte direcionamento para as ações clínicas, e tenha suas atividades voltadas para o paciente e gestão de consultório farmacêutico.

O Especialista em Farmácia Clínica e Gestão de Consultório Farmacêutico, irá adquirir conhecimentos e habilidades plenas para o desenvolvimento de ações com foco no uso racional dos medicamentos. Poderá atuar em empresas privadas e órgãos públicos, no desenvolvimento de ações voltadas para farmácia comunitária, farmácia de manipulação, farmácia hospitalar, farmácia de unidade básica de saúde, consultório farmacêutico e em clínica estética; em indústria farmacêutica poderá atuar no serviços de atendimento ao consumidor, na farmacovigilância e em pesquisa clínica; e também atuar em programas de acompanhamento de pacientes em serviços de saúde. A formação tem ainda como foco, desenvolver competências para a atuação multiprofissional, o que traz diversos benefícios ao paciente, como a redução dos índices de erros de medicação, de doenças secundárias, de interações medicamentosas e alimentares, além do aumento da adesão ao medicamento.

 

 

 

 

Imagem teste